Coordenação


Coordenadora

Caroline Da Ros Montes D’Oca

Possui graduação em Química Licenciatura pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2007), mestrado em Química Tecnológica e Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande (2010) e doutorado em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2015). Atuou como Química da Escola de Química e Alimentos da Universidade Federal do Rio Grande no período de 2015-2018, junto ao Centro Integrado de Análises, trabalhando principalmente com técnicas de Ressonância Magnética Nuclear e Espectrometria de Massas. Atualmente, é docente do Departamento de Química da Universidade Federal do Paraná, com interesse nas áreas de Síntese Orgânica e Química Medicinal, especialmente em reações multicomponentes, síntese assimétrica e síntese de compostos biologicamente ativos. Seus trabalhos envolvem principalmente o uso de ácidos graxos para a produção de compostos derivados de Ugi e Passerini graxos, amidas, aminoácidos e compostos heterocíclicos nitrogenados graxos voltados à aplicações biológicas e tecnológicas. Coordena o Laboratório Multiusuários de Ressonância Magnética Nuclear do Departamento de Química, atuando no Uso da Ressonância Magnética Nuclear como ferramenta em matrizes alimentares e ambientais e no Uso de Ressonância Magnética Nuclear em Química Forense. Link para o currículo lattes.


Vice-Coordenadora

Anelize Manuela Bahniuk Rumbelsperger

Graduada em Geologia pela Universidade Federal do Paraná (2004), mestrado em Geologia Exploratória pela Universidade Federal do Paraná (2007) e doutorado em Ciências Naturais pelo Swiss Federal Institute of Technology em Zurique, Suíça (ETHZ). Pesquisadora convidada para o Curso Geoquímica Isotópica em CALTECH (USA) e participante do Curso de Geobiologia promovido pela NASA e Agouron Instituto. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Mineralogia e Geoquímica, atuando principalmente nos seguintes temas: geoquímica de rochas carbonáticas, ambientes deposicionais e geomicrobiologia. Atualmente é Professora de mineralogia do Departamento de Geologia / UFPR, vice-diretora do Instituto LAMIR (Instituto Laboratório de Análises de Minerais e Rochas) e Coordenadora do Centro de Ciências Forenses da UFPR. Link para o currículo lattes.


Comitê Gestor


Aldo José Gorgatti Zarbin

Graduado (1990), mestre (1993) e doutor (1997) em Química pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Estágio de Pós-Doc no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (1997-1998). Professor Titular do Departamento de Química da Universidade Federal do Paraná (início em março/1998), onde é líder do Grupo de Química de Materiais (GQM) daquela instituição. Foi duas vezes coordenador do Programa de Pós-Graduação em Química da UFPR (2002-2004 e 2011-2012). Foi Diretor da Divisão de Química de Materiais (2008-2010), Secretário Geral (2012-2014), Presidente Sucessor (2014-2016) e Presidente (2016-2018) da Sociedade Brasileira de Química, onde atualmente é membro do Conselho Consultivo (2018-2020). Membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC). É Fellow da Royal Society of Chemistry (RSC). Foi editor Associado do periódico Química Nova de setembro/2008 a abril/2016, e editor do Boletim Eletrônico da SBQ no biênio 2012-2014. Desde 2016 é membro do Advisory Board do periódico Materials Horizons, da RSC. Orientador da tese vencedora do Prêmio CAPES de tese na área de Química em 2015, e da tese agraciada com menção honrosa na área de Química no Prêmio CAPES de tese de 2014. Orientador do trabalho 2o. colocado no Destaque do Ano de IC do CNPq, nas áreas de Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (2009). Foi membro do comitê gestor da Rede Nacional de Nanotubos de Carbono (2006-2010), coordenador do projeto PRONEX "Núcleo de Excelência em Nanoquímica e Nanomateriais (NENNAM, 2010-2016)", membro do Comitê Gestor (2010-2016) e atualmente (2016-2019) é o vice-coordenador do "Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Nanomateriais de Carbono". Membro Titular do Comitê de Assessoramento da Química (CA-Química) do CNPq (06/2018-06/2021, sendo o coordenador de 07/2019 a 10/2020), onde participou também como membro convidado em 2011 e 2012. Membro de vários comitês temáticos de assessoramento em nanotecnologia do CNPq (2005, 2011 e 2012) e da FINEP (2004, 2005, 2010). Membro titular do conselho consultivo da FINEP (2018-2021). Reconhecimento Mérito Acadêmico da UFPR em 2011, 2015, 2016 e 2019, e eleito personalidade do ano na área de Ciência e Pesquisa pelo Diário Comércio e Indústria do Paraná (2017-2018). Além da SBQ é membro de várias sociedades científicas, como SBPC, RSC, SBPMAT e Materials Research Society. Suas principais linhas de pesquisa estão relacionadas à síntese e caracterização de materiais em escala nanométrica (como nanotubos, grafeno e outras formas de carbono, nanocompósitos, nanopartículas metálicas, materiais 2D, polímeros condutores e análogos do azul da Prússia) em interfaces líquido/líquido, e estudo da aplicação destes nanomateriais em sensores, dispositivos fotovoltaicos, baterias, capacitores e catalisadores.  Link para o currículo lattes.

Alessandra de Barros e Silva Bongiolo

Possui graduação em GEOLOGIA pela Universidade Federal do Paraná (2000), Mestrado em Geologia Ambiental-Geofísica pela Universidade Federal do Paraná (2007) e Doutorado em Geologia Exploratória-Geofísica pela Universidade Federal do Paraná (2011). Atualmente é Professora Adjunto I Nível A do curso de Geologia e Coordenadora do Laboratório de Pesquisas em Geofísica Aplicada da Universidade Federal do Paraná (LPGA/UFPR). É tutora do grupo de estudos SEG Geofísica-PR e da empresa Júnior Pangea-UFPR. Foi professora Assistente Doutora da UNICURITIBA no curso de Engenharia Civil. Foi professora substituta de Geofísica e Geologia Geral na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC-2012) no curso de graduação de Geologia. Trabalhou como prestadora de serviços durante 10 anos nas áreas de Mineração, Geologia de Engenharia e Geofísica. Atua na área de Geociências, com ênfase em Geofísica e Geologia, principalmente nos seguintes temas: Geofísica Global e Aplicada com ênfase em Métodos Potenciais, Métodos Elétricos e Eletromagnéticos no âmbito da Geologia Exploratória, Ambiental e Forense, Geologia de Engenharia e Exploração Mineral/Meio Ambiente. Link para o currículo lattes.


Andersson Barison

Possui graduação (1998) e mestrado em Química (2001) pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e doutorado em Ciências pela Universidade Federal de São Carlos (2005). Foi professor/pesquisador associado da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Atou no programa PRODOC/CAPES junto ao Programa de Pós-Graduação em Química da Universidade Federal do Paraná. Atualmente é professor/pesquisador junto ao Centro de RMN e ao Departamento de Química da UFPR, atuando principalmente no ensino e pesquisa na área de RMN, na linha de pesquisa: “Desenvolvimento de Novas Aplicações da Espectroscopia de Ressonância Magnética Nuclear” e na administração do Centro de RMN da UFPR. Coordena o Laboratório Multiusuários de Ressonância Magnética Nuclear do Departamento de Química, atuando no Uso da Ressonância Magnética Nuclear como ferramenta em matrizes alimentares e ambientais e no Uso de Ressonância Magnética Nuclear em Química Forense. Link para o currículo lattes.


André Ricardo Abed Grégio

Doutor em Engenharia Elétrica/Computação (UNICAMP, 2012) com período como Assistente de Pesquisa no SecLab da University of California, Santa Barbara (UCSB, 2011), Mestre em Computação Aplicada na área de Redes e Segurança de Sistemas de Informação (INPE, 2007) e Bacharel em Ciência da Computação com ênfase em Sistemas de Computação (UNESP, 2005). Foi Professor Visitante na Friedrich-Alexander-Universität em Erlangen,
Alemanha (FAU, 2017) e é Pesquisador Colaborador do Florida Institute for Cyber Security da University of Florida em Gainesville, EUA desde 2016 (FICS/UF). Professor Adjunto no Departamento de Informática da UFPR com experiência e linhas de pesquisa principalmente em Análise de Códigos Maliciosos e Aprendizado de Máquina aplicado à Dados de Segurança. Link para o currículo lattes.


Camila de Vasconcelos Müller Athayde

Professora Adjunto do Departamento de Geologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR) deste 2015. Coordenadora do Laboratório de Pesquisas Hidrogeológicas- LPH desde 2016. Graduação na UFPR em Geologia (2005) e Pós-Doutorado na UFRGS (2016). Atuou profissionalmente na elaboração da Carta das Águas Subterrâneas do Estado do Paraná (MMA,2015), em estudos multidisciplinares hidrogeoambientais (PCA, PBA, EIA-RIMA, plano diretor), além de pesquisas de água mineral para envase e termalismo. Atua na área em recursos hídricos: análise ambiental e exploratória, monitoramento qualitativo e quantitativo. Link para o currículo lattes.


Carlos Conforti Ferreira Guedes

Possui graduação em Geologia pela Universidade de São Paulo (2003), mestrado (2009) e doutorado em Geociências (Geoquímica e Geotectônica) pela Universidade de São Paulo (2012). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Tem experiência em Sedimentologia e Estratigrafia de depósitos siliciclásticos, Geologia do Quaternário, Proveniência Sedimentar com ênfase em Minerais Pesados e Datação por Luminescência Opticamente Estimulada. Link para o currículo lattes.


Daniel Rodrigues dos Santos

Possui graduação em Engenharia Cartográfica pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), mestrado em Ciências Cartográficas pela UNESP (2002), doutorado em Ciências Geodésicas pela Universidade Federal do Paraná (2005), com estágio de 6 meses na Universidade de Karlsruhe/Alemanha (2003/2004) e Pós-doutorado pela University of Twente/Faculty of Geo-information Science and Earth Observation (ITC)-Holanda. Atualmente é professor associado III da UFPR, membro do Corpo Consultivo do BCG e atua como professor e pesquisador no Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas. Tem experiência na área de Geociências com ênfase em Fotogrametria, atuando nos seguintes temas: Processamento de dados 3D e Processamento de Imagens Digitais. Atua como editor-chefe do Boletim de Ciências Geodésicas desde 2014. Link para o currículo lattes.


Elisa Souza Orth

Possui graduação (2005), mestrado (2008) e doutorado (2011) em Química pela Universidade Federal de Santa Catarina na área de catálise e organofosforados. Realizou pós-doutorado na Universidade Federal do Paraná (2011) na área de nanomateriais. Recebeu os prêmios Brazilian Women in Chemistry and Related Sciences da ACS (Brasil) em 2019, PhosAgro/UNESCO/IUPAC Green Chemistry for Life Research Award (Tailândia), Prêmio Jovem Cientista-100 anos da tabela periódica da IUPAC (Paris) em 2018, Rising Talents da L´Oreal-UNESCO (Paris) em 2016, Para Mulheres na Ciência L´Oréal-UNESCO-ABC (Brasil) em 2015 e Grande Prêmio CAPES de Tese Milton Santos (Área: Ciências Exatas e da Terra e Multidisciplinar, Materiais e Biotecnologia) em 2012. Fez parte da diretoria da Sociedade Brasileira de Química como tesoureira adjunta (2018-2020) e cofundou o Núcleo Mulheres, que ainda faz parte atualmente. Faz parte do conselho consultivo editorial de jovens pesquisdores do jornal Chemical Reviews. Desde 2012, é Professora Adjunta do Departamento de Química na Universidade Federal do Paraná, onde lidera o grupo de pesquisa Grupo e Catálise e Cinética (GCC). Os principais interesses tem sido: (i) degradação e monitoramento de pesticidas e simulantes de armas químicas; (ii) química de organofosforados e segurança química; (iii) desenvolvimento de nanocatalisadores, enzimas artificiais, biocatalisadores e catalisadores sustentáveis derivados de lixo, (iv) funcionalização de nanomateriais ; (v) geração de hidrogênio. Link para o currículo lattes.


Evaldo Ribeiro

Bacharel e Mestre em Física, Doutor em Ciências, todos pela Unicamp. Pós-doutorados na Suíça (ETH Zürich), Brasil (Unicamp, LNLS) e Espanha (Instituto de Materiais de Valencia). Trabalha há mais de 30 anos com técnicas ópticas diversas aplicadas à caracterização de materiais, de diversas naturezas, desde nanoestruturas, materiais compósitos, materiais biológicos e outros. Possui linha de pesquisa em fabricação de novos materiais compósitos e novos materiais nanoestruturados. Trabalha há 3 anos com caracterização de pigmentos por técnicas ópticas para avaliação de obras de arte. Colaborou para o primeiro laudo emitido sobre este assunto na operação Lava Jato. Link para o currículo lattes.


Francinete Ramos Campos

Possui Graduação em Química pela Universidade Federal do Amazonas (1997), Mestrado em Química de Produtos Naturais pela Universidade Federal do Amazonas (2000) e Doutorado em Química Orgânica pela Universidade Federal de São Carlos (2005). Atuou no Programa de Recém Doutores da Fundação Araucária junto ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPG-CF) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) como Pesquisadora Visitante (2008). Atualmente, é Professora/Pesquisadora do Departamento de Farmácia da UFPR e vinculada ao PPG-CF da UFPR, atuando principalmente nos seguintes temas: Desenvolvimento e Validação de Métodos Analítico e Bioanalítico por Cromatografia a Líquido de Ultra Eficiência acoplada a Espectrometria de Massas e Espectrometria de Massas Sequencial. Coordena o Laboratório de Biociências e Espectrometria de Massas (LaBicEM),  liderando vários projetos de pesquisa com ênfase em farmacêutica, ciências médica, ciências forenses, ciências ômicas, química de produtos naturais, biotecnologia e alimentos. Coordena também a Central Analítica do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas da UFPR. Link para o currículo lattes.


Ricardo Henrique Moreton Godoi

tem formação e atuação multidisciplinar. Realizou sua graduação em Química pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1993), mestrado em Físico-Química pela UNESP (1996) e Doutorado em Físico-Química pela UNESP 2000 (Doutorado Sanduíche pela Universidade de Barcelona UB). Pós Doutorado na Universidade de Antuérpia-Bélgica (2001-2005) e Pesquisador convidado no Lawrence Berkeley National Laboratory ? Estados Unidos (2015-2016). Atualmente é Professor Associado II no Curso de Engenharia Ambiental da Universidade Federal do Paraná (UFPR) em Curitiba e Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 2 desde 2005. Atua no INCT PROANTAR/CNPq. Participa do projeto teuto-brasileiro Observatório Amazônico com Torre Alta (ATTO) e do projeto em cooperação Brasil-Estados Unidos/DoE GOAmanzon2014. Suas áreas de atuação incluem: Química aplicada a problemas ambientais, atuando principalmente nas questões de mudanças climáticas globais, química dos gases e aerossóis atmosféricos, poluição do ar urbana (interna/externa), exposição humana a poluentes carcinogênico e/ou mutagênico, efeito da poluição atmosférica sobre o patrimônio histórico e cultural entre outros temas. Tem experiência na área de Físico-Química, Química de Colóides e Química de Materiais. Utiliza diferentes técnicas para Análise de Traços em amostras ambientais e de Materiais. Autor (co-) de 70 artigos publicados em revistas científicas internacionais (citado mais de 1000 vezes de acordo com Web of Science), H-index 20, e autor (co-) de 11 capítulos de livros internacionais. Link para o currículo lattes.


Apoio Administrativo e Projetos

Carla Franciele Marcondes

Graduada em Administração pela Universidade Estadual do Centro Oeste (2010), Especialista em Gestão de Projetos pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2013). Possui experiência em Gestão de Processos e Projetos nos setores privado e público. Atualmente é responsável pela Secretaria de Projetos do Setor de Ciências Exatas da UFPR. Link para o currículo lattes.